Por critérios técnicos, alguns cursos oferecidos pela UFG não utilizam o SiSU como forma de seleção para ingresso de seus estudantes. Os cursos não contemplados por meio do SiSU são:

  • Arquitetura e Urbanismo (somente para a Regional Goiânia. Porém, o curso para a Regional Cidade de Goiás será pelo SiSU)
  • Artes Cênicas (Teatro)
  • Libras (vagas exclusivas para candidatos surdos - UFGInclui)
  • Licenciatura em Educação no Campo
  • Licenciatura Intercultural
  • Música (Canto, Composição, Educação Musical, Ensino do Canto, Ensino do Instrumento Musical, Instrumento Musical e Regência)
  • Musicoterapia
  • Cursos ministrados na modalidade a distância (EAD)

A seleção de candidatos para os cursos de graduação em licenciatura em Educação Intercultural e em licenciatura em Educação do Campo, respeitadas as especificidades dos respectivos públicos-alvos, observará as condições e os demais critérios fixados em edital próprio.

A seleção de candidatos para os cursos de graduação que exigem Verificação de Habilidades e Conhecimentos Específicos (VHCE) ou que são ofertados na modalidade a distância (EaD) utilizará as notas obtidas pelos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e observará as demais condições e critérios fixados em edital específico.

 A seleção de candidatos para o preenchimento das vagas previstas na Resolução CONSUNI nº 31/2012, que dispõe sobre o Programa UFGInclui, observará as condições e os critérios fixados em edital específico.

Para mais informações sobre como ingressar nos cursos não contemplados pelo SiSU acesse www.cs.ufg.br

02 DE MARÇO É O ÚLTIMO DIA PARA A CONFIRMAÇÃO DE MATRÍCULA DE ALUNOS DE 1ª CHAMADA.

QUEM NÃO CONFIRMAR PERDERÁ SUA VAGA NA UFG.

Local: O mesmo da realização da matrícula

Horário: 08h as 20H 

Nenhuma informação disponível no momento

PARA CANDIDATOS DA AMPLA CONCORRÊNCIA (menu secundário)

 

a) formulário de cadastro preenchido na internet, no sítio www.sisu.ufg.br;

 

b) certificado de conclusão do Ensino Médio ou de curso equivalente (original e uma fotocópia), registrado no órgão competente (original e uma fotocópia – documentos válidos em território nacional e em língua portuguesa) ou declaração de conclusão do Ensino Médio ou de curso equivalente (original), OU certificado de conclusão do Ensino Médio por meio da certificação do Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM (original e uma fotocópia) ou diploma de curso superior (original e uma fotocópia);*

 

c) histórico escolar do Ensino Médio (original e uma fotocópia) ou histórico escolar do ensino superior (original e uma fotocópia – nos casos em que o candidato tiver apresentado o diploma de conclusão do ensino superior);

 

d) documento de identidade (original e uma fotocópia); o candidato estrangeiro deverá apresentar carteira de estrangeiro atualizada, permanente ou temporária, ou passaporte com visto válido de estudante;*

 

e) CPF (original e uma fotocópia);*

 

f) certidão de casamento, quando ocorrer mudança de nome (original e uma fotocópia);

 

g) título de eleitor (original e uma fotocópia);

 

h) documento militar (original e uma fotocópia);

 

h) duas fotos recentes, no tamanho 3 x 4 ou 5 x 7.

 

*A matrícula não será realizada na ausência da apresentação desses documentos, ficando o candidato excluído do processo e sem direito à vaga.

 

 

COTA L1 - CANDIDATOS QUE CURSARAM TODO O ENSINO MÉDIO EM ESCOLAS PÚBLICAS, COM RENDA FAMILIAR BRUTA PER CAPITA IGUAL OU INFERIOR A 1,5 SALÁRIO MÍNIMO) – DC RENDA INFERIOR (LEI N. 12.711/12) (MENU SECUNDÁRIO)

 

 

a) formulário de cadastro preenchido na internet, no sítio www.sisu.ufg.br;

 

b) certificado de conclusão do Ensino Médio ou de curso equivalente (original e uma fotocópia),registrado no órgão competente, (original e uma fotocópia – documentos válidos em território nacional e em língua portuguesa) ou declaração de conclusão do Ensino Médio ou de curso equivalente (original), OU certificado de conclusão do Ensino Médio por meio da certificação do Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM (original e uma fotocópia); *

 

c) histórico escolar do Ensino Médio (original e uma fotocópia), comprovando ter estudado integral e exclusivamente em Escola Pública, inclusive para os candidatos que tenham obtido certificado de conclusão com base no resultado do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM, do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos – ENCCEJA ou de exames de certificação de competência ou de avaliação de jovens e adultos realizados pelos sistemas estaduais de ensino; *

 

d) documento de identidade (original e uma fotocópia); o candidato estrangeiro deverá apresentar carteira de estrangeiro atualizada, permanente ou temporária, ou passaporte com visto válido de estudante;*

 

e) CPF (original e uma fotocópia);*

 

f) certidão de casamento, quando ocorrer mudança de nome (original e uma fotocópia);

 

g) título de eleitor (original e uma fotocópia);

 

h) documento militar (original e uma fotocópia);

 

i) duas fotos recentes, no tamanho 3 x 4 ou 5 x 7;

 

j) para efeito de comprovação dos candidatos estrangeiros e/ou brasileiros que tenham cursado o Ensino Médio em escola pública de outro país é necessária a comprovação de que a instituição é pública para participação pela Reserva de Vagas (Lei 12.711/2012);*

 

k) para efeito de comprovação dos candidatos tenham estudado em escolas públicas já extintas, deverão apresentar no ato da matrícula documento expedido pelo Acervo de Escolas Extintas que comprove a dependência administrativa (privada, conveniada, federal, estadual, municipal ou filantrópica) da escola. Caso o candidato tenha estudado em escola pública extinta e não possua Certificado de Conclusão do Ensino Médio ou de curso equivalente e histórico escolar, devidamente registrado, deverá apresentar no ato da matrícula documento expedido pelo acervo de Escolas Extintas que comprove a conclusão do Ensino Médio ou de curso equivalente em escola pública;*

 

l) Documentação de renda * (VER DOCUMENTAÇÃO COM CENTRO DE SELEÇÃO)

 

*A matrícula não será realizada na ausência da apresentação desses documentos, ficando o candidato excluído do processo e sem direito à vaga.

 

 

COTA L2 - CANDIDATOS QUE CURSARAM TODO O ENSINO MÉDIO EM ESCOLAS PÚBLICAS, COM RENDA FAMILIAR BRUTA PER CAPITA IGUAL OU INFERIOR A 1,5 SALÁRIO MÍNIMO, AUTODECLARADOS PRETOS, PARDOS OU INDÍGENAS – PPI RENDA INFERIOR(LEI N.12.711/12)

(menu secundário)

 

 

a) formulário de cadastro preenchido na internet, no sítio www.sisu.ufg.br;

 

b) certificado de conclusão do Ensino Médio ou de curso equivalente (original e uma fotocópia), registrado no órgão competente, (original e uma fotocópia – documentos válidos em território nacional e em língua portuguesa) ou declaração de conclusão do Ensino Médio ou de curso equivalente (original), OU certificado de conclusão do Ensino Médio por meio da certificação do Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM (original e uma fotocópia); *

 

c) histórico escolar do Ensino Médio (original e uma fotocópia), comprovando ter estudado integral e exclusivamente em Escola Pública, inclusive para os candidatos que tenham obtido certificado de conclusão com base no resultado do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM, do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos – ENCCEJA ou de exames de certificação de competência ou de avaliação de jovens e adultos realizados pelos sistemas estaduais de ensino; *

 

d) documento de identidade (original e uma fotocópia); o candidato estrangeiro deverá apresentar carteira de estrangeiro atualizada, permanente ou temporária, ou passaporte com visto válido de estudante;*

 

e) CPF (original e uma fotocópia);*

 

f) certidão de casamento, quando ocorrer mudança de nome (original e uma fotocópia);

 

g) título de eleitor (original e uma fotocópia);

 

h) documento militar (original e uma fotocópia);

 

i) duas fotos recentes, no tamanho 3 x 4 ou 5 x 7;

 

j) para efeito de comprovação dos candidatos estrangeiros e/ou brasileiros que tenham cursado o Ensino Médio em escola pública de outro país é necessária a comprovação de que a instituição é pública para participação pela Reserva de Vagas (Lei 12.711/2012);*

k) para efeito de comprovação dos candidatos tenham estudado em escolas públicas já extintas, deverão apresentar no ato da matrícula documento expedido pelo Acervo de Escolas Extintas que comprove a dependência administrativa (privada, conveniada, federal, estadual, municipal ou filantrópica) da escola. Caso o candidato tenha estudado em escola pública extinta e não possua Certificado de Conclusão do Ensino Médio ou de curso equivalente e histórico escolar, devidamente registrado, deverá apresentar no ato da matrícula documento expedido pelo acervo de Escolas Extintas que comprove a conclusão do Ensino Médio ou de curso equivalente em escola pública;*

 

l) autodeclaração impressa do sítio www.sisu.ufg.br devidamente preenchida e assinada pelo candidato para candidatos que optaram por participar como PPI (preto, pardo ou índio);

 

l) Documentação de renda *. (VER DOCUMENTAÇÃO COM CENTRO DE SELEÇÃO)

 

*A matrícula não será realizada na ausência da apresentação desses documentos, ficando o candidato excluído do processo e sem direito à vaga.

 

 

COTA L3 - CANDIDATOS QUE CURSARAM TODO O ENSINO MÉDIO EM ESCOLAS PÚBLICAS, INDEPENDENTE DA RENDA – DC RENDA SUPERIOR (LEI N.12.711/12)

(menu secundário)

 

 

 

a) formulário de cadastro preenchido na internet, no sítio www.sisu.ufg.br;

 

b) certificado de conclusão do Ensino Médio ou de curso equivalente (original e uma fotocópia),registrado no órgão competente, (original e uma fotocópia – documentos válidos em território nacional e em língua portuguesa) ou declaração de conclusão do Ensino Médio ou de curso equivalente (original), OU certificado de conclusão do Ensino Médio por meio da certificação do Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM (original e uma fotocópia); *

 

c) histórico escolar do Ensino Médio (original e uma fotocópia), comprovando ter estudado integral e exclusivamente em Escola Pública, inclusive para os candidatos que tenham obtido certificado de conclusão com base no resultado do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM, do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos – ENCCEJA ou de exames de certificação de competência ou de avaliação de jovens e adultos realizados pelos sistemas estaduais de ensino; *

 

d) documento de identidade (original e uma fotocópia); o candidato estrangeiro deverá apresentar carteira de estrangeiro atualizada, permanente ou temporária, ou passaporte com visto válido de estudante;*

 

e) CPF (original e uma fotocópia);*

 

f) certidão de casamento, quando ocorrer mudança de nome (original e uma fotocópia);

 

g) título de eleitor (original e uma fotocópia);

 

h) documento militar (original e uma fotocópia);

 

i) duas fotos recentes, no tamanho 3 x 4 ou 5 x 7;

 

j) para efeito de comprovação dos candidatos estrangeiros e/ou brasileiros que tenham cursado o Ensino Médio em escola pública de outro país é necessária a comprovação de que a instituição é pública para participação pela Reserva de Vagas (Lei 12.711/2012);*

 

k) para efeito de comprovação dos candidatos tenham estudado em escolas públicas já extintas, deverão apresentar no ato da matrícula documento expedido pelo Acervo de Escolas Extintas que comprove a dependência administrativa (privada, conveniada, federal, estadual, municipal ou filantrópica) da escola. Caso o candidato tenha estudado em escola pública extinta e não possua Certificado de Conclusão do Ensino Médio ou de curso equivalente e histórico escolar, devidamente registrado, deverá apresentar no ato da matrícula documento expedido pelo acervo de Escolas Extintas que comprove a conclusão do Ensino Médio ou de curso equivalente em

escola pública.*

 

*A matrícula não será realizada na ausência da apresentação desses documentos,ficando o candidato excluído do processo e sem direito à vaga.

 

 

COTA L4 - CANDIDATOS QUE CURSARAM TODO O ENSINO MÉDIO EM ESCOLAS PÚBLICAS, INDEPENDENTE DA RENDA, AUTODECLARADOS PRETOS, PARDOS OU INDÍGENAS – PPI RENDA SUPERIOR (LEI N.12.711/12)  (menu secundário)

 

 

 

a) formulário de cadastro preenchido na internet, no sítio www.sisu.ufg.br;

 

b) certificado de conclusão do Ensino Médio ou de curso equivalente (original e uma fotocópia),registrado no órgão competente, (original e uma fotocópia – documentos válidos em território nacional e em língua portuguesa) ou declaração de conclusão do Ensino Médio ou de curso equivalente (original), OU certificado de conclusão do Ensino Médio por meio da certificação do Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM (original e uma fotocópia); *

 

c) histórico escolar do Ensino Médio (original e uma fotocópia), comprovando ter estudado integral e exclusivamente em Escola Pública, inclusive para os candidatos que tenham obtido certificado de conclusão com base no resultado do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM, do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos – ENCCEJA ou de exames de certificação de competência ou de avaliação de jovens e adultos realizados pelos sistemas estaduais de ensino; *

 

d) documento de identidade (original e uma fotocópia); o candidato estrangeiro deverá apresentar carteira de estrangeiro atualizada, permanente ou temporária, ou passaporte com visto válido de estudante;*

 

e) CPF (original e uma fotocópia);*

 

f) certidão de casamento, quando ocorrer mudança de nome (original e uma fotocópia);

 

g) título de eleitor (original e uma fotocópia);

 

h) documento militar (original e uma fotocópia);

 

i) duas fotos recentes, no tamanho 3 x 4 ou 5 x 7;

 

j) para efeito de comprovação dos candidatos estrangeiros e/ou brasileiros que tenham cursado o Ensino Médio em escola pública de outro país é necessária a comprovação de que a instituição é pública para participação pela Reserva de Vagas (Lei 12.711/2012);*

 

k) para efeito de comprovação dos candidatos tenham estudado em escolas públicas já extintas, deverão apresentar no ato da matrícula documento expedido pelo Acervo de Escolas Extintas que comprove a dependência administrativa (privada, conveniada, federal, estadual, municipal ou filantrópica) da escola. Caso o candidato tenha estudado em escola pública extinta e não possua Certificado de Conclusão do Ensino Médio ou de curso equivalente e histórico escolar, devidamente registrado, deverá apresentar no ato da matrícula documento expedido pelo acervo de Escolas Extintas que comprove a conclusão do Ensino Médio ou de curso equivalente em

escola pública.*

 

*A matrícula não será realizada na ausência da apresentação desses documentos, ficando o candidato excluído do processo e sem direito à vaga.

 A Universidade Federal de Goiás (UFG) publica, a cada edição do SiSU, Edital contendo critérios, datas,  locais e horários para matrícula dos candidatos classificados.

Somente será matriculado na UFG o candidato classificado que efetivamente comprovar ter concluído, em conformidade com a lei, o Ensino Médio ou curso equivalente que permita a continuidade de estudos em nível superior e apresentar a documentação exigida, conforme edital tornando-se nula de pleno direito a classificação daquele que não apresentar a devida prova de escolaridade no ato da solicitação de matrícula.

O procedimento de realização de matrícula na Universidade Federal de Goiás (UFG) está previsto em Edital e é realizado da seguinte maneira, exceto nas Chamadas Públicas:

1º) Solicitação de Matrícula: é realizada conforme critérios definidos em edital e ocorre durante os períodos de matrícula das Chamadas SiSU e das Convocações de Lista de Espera. Nessa ocasião o candidato entrega sua documentação e manifesta explicitamente o interesse em estar matriculado na Universidade Federal de Goiás (UFG).

2º) Publicação da listagem dos estudantes matriculados: em data prevista em Edital, a UFG publica o Resultado dos estudantes matriculados, contendo a lista de candidatos matriculados com o respectivo número de matricula. Nesse momento, o estudante poderá confirmar se obteve, ou não, o deferimento de sua matrícula.

As vagas oriundas das matrículas não efetivadas pelos candidatos classificados e dos candidatos que desistirem dos respectivos cursos serão preenchidas por convocação do CENTRO DE SELEÇÃO/PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO (CS/PROGRAD) por meio de chamadas subsequentes dos candidatos classificados, por ordem decrescente de classificação, de acordo com a origem das vagas.

Caso não existam candidatos que optaram por participar da Reserva de Vagas para ocuparem as vagas, estas serão preenchidas por ordem de classificação pelos candidatos que optaram, no ato da inscrição, pela Ampla Concorrência.

 

Chamada Pública

A Chamada Pública tem por objetivo convocar, na modalidade presencial, em uma sessão conjunta, os candidatos que declararam interesse em concorrer às vagas ainda não preenchidas, obedecendo a ordem de classificação para efetuarem a matrícula, de acordo com o número de vagas ainda disponíveis em cada um dos cursos.

Poderão participar da Chamada Pública os candidatos que declararam interesse em participar da LISTA DE ESPERA do SiSU e que não foram convocados nas chamadas anteriores do referido processo seletivo.

Durante a Chamada Pública será efetuada a chamada nominal dos candidatos que declararam interesse em participar da referida Chamada para a realização da matrícula, pela ordem de classificação no SiSU e opção de participação, conforme lista encaminhada pelo MEC, até que todas as vagas disponíveis nos diversos cursos sejam completadas.

Por esse mecanismo de preenchimento de vagas, serão matriculados somente os candidatos que correspondem ao número de vagas disponíveis, enquanto os demais, mesmo que convocados para a sessão, serão dispensados.

Na Chamada Pública os candidatos devem portar a documentação necessária à matrícula no curso, conforme definido em Edital. Os candidatos que não portarem toda a documentação exigida perderão o direito à vaga.

 

É de responsabilidade exclusiva do estudante a observância dos procedimentos e dos prazos estabelecidos nos editais e nas normas que regulamentam a Chamada Pública, bem como os respectivos horários de realização da Chamada Pública e a apresentação dos documentos exigidos para a matrícula.

Conforme a Lei nº 12.711, sancionada em agosto de 2012, todas as universidades e institutos federais tem, até 2016, para reservar 50% de suas vagas para alunos que tenham cursado integralmente o ensino médio público, em cursos regulares ou da educação de jovens e adultos. 

 A Universidade Federal de Goiás (UFG) em 2015 adotará 40% das vagas para o sistema de Reserva de Vagas. Os demais 60% das vagas permanecem para ampla concorrência.

 Destas vagas reservadas para a escola pública, metade será destinada para estudantes com renda mensal familiar até um salário mínimo e meio. O preenchimento das vagas deve levar em conta ainda critérios de cor ou raça, seguindo dados estatísticos do IBGE.

Os candidatos que desejam concorrer pela Reserva de Vagas devem atentar à necessidade da documentação complementar comprobatória. 

Para concorrer às vagas reservadas (Lei 12.711/2012) para estudantes de escola pública os candidatos deverão ter cursado integralmente o Ensino Médio em escolas públicas, nesse caso o candidato deverá optar por uma das opções:

  • Cota L1 - candidatos que cursaram todo o ensino médio em escolas públicas, com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo) – DC Renda Inferior;
  • Cota L2 - candidatos que cursaram todo o ensino médio em escolas públicas, com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo, autodeclarados pretos, pardos ou indígenas – PPI Renda Inferior;
  • Cota L5 - candidatos que cursaram todo o ensino médio em escolas públicas, independente da renda – DC Renda Superior;
  • Cota L6 - candidatos que cursaram todo o ensino médio em escolas públicas, independente da renda, autodeclarados pretos, pardos ou indígenas – PPI Renda Superior.

 

O processo seletivo do SiSU tem uma única etapa de inscrição, em período definido e divulgado pelo Ministério da Educação (MEC). Ao efetuar sua inscrição na página eletrônica do SiSU, o candidato deve escolher, por ordem de preferência, até duas opções nas vagas ofertadas pelas instituições participantes do SiSU.

 

Durante o período de inscrição, o candidato pode alterar suas opções. Será considerada válida a última inscrição confirmada. Ao final da etapa de inscrição, o sistema seleciona automaticamente os candidatos melhor classificados em cada curso, de acordo com suas notas obtidas na edição mais recente do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

 

São feitas duas chamadas sucessivas. A cada chamada, os candidatos selecionados têm um prazo para efetuar a matrícula na instituição, confirmando dessa forma a ocupação da vaga.

 

 

Candidato selecionado em 1ª opção

 

O candidato selecionado em sua primeira opção de curso não participa da(s) chamada(s) subsequente(s), independentemente de efetuar ou não sua matrícula na instituição de ensino para a qual foi selecionado. Por isso, o estudante deve ficar atento aos prazos: se for selecionado em primeira opção, só terá esta oportunidade de fazer sua matrícula, pois não será convocado na(s) chamada(s) seguinte(s).

 

Candidato selecionado em 2ª opção

 

O candidato selecionado em sua segunda opção, tendo ou não efetuado a respectiva matrícula na instituição, continua concorrendo, na(s) chamada(s) subsequente(s), à vaga que escolheu como primeira opção.

 

Assim, se o candidato já matriculado na sua segunda opção for selecionado na primeira opção na(s) chamada(s) subsequente(s), a matrícula na vaga da primeira opção implicará no cancelamento automático da matrícula realizada anteriormente na segunda opção.

 

Lista de Espera

 

Podem manifestar interesse em participar da Lista de Espera, no site do SiSU, os candidatos ainda não aprovados em nenhuma chamada do SiSU corrente para sua primeira opção de curso.

 

O candidato somente pode manifestar interesse na Lista de Espera para o curso correspondente a sua primeira opção de vaga.

 

Quem foi aprovado em sua segunda opção, em qualquer chamada, pode manifestar interesse em participar da Lista de Espera referente à sua primeira opção de vaga.

 

Quem já foi aprovado em sua primeira opção, em qualquer chamada, independentemente de ter efetuado matrícula, não pode manifestar interesse em participar da Lista de Espera em nenhuma de suas opções.

O Sistema de Seleção Unificada (SiSU) é o sistema informatizado gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC) no qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem).

A cada edição, as instituições públicas de ensino superior que optam por participar do SiSU ofertam vagas em seus cursos. Ao final do período de inscrições, são selecionados os candidatos mais bem classificados dentro do número de vagas ofertadas.

A inscrição é gratuita, em uma única etapa e feita pela Internet.

Entenda como funciona o SiSU.